Estatística

Codigo contadorweb.com ver. 5.3 -->

terça-feira, 6 de março de 2018

Encontro de Formação dos educadores do Some em Concórdia do Pará





Ontem, aconteceu no município de Concórdia do Pará, o planejamento dos educadores  da 11ª Unidade Regional de Educação - URE, localizada em Santa Izabel, que envolve os municípios de Bujaru, Concórdia do Pará e Tomé Açu, aconteceu uma intensa programação de trocas de conhecimentos e experiências.







Durante as atividades pedagógicas, pela parte da manhã, abertura do Encontro de Formação, com as Coordenadoras do Sistema de Organização Modular de Ensino - SOME dos três municípios, Diretores das Escolas Sedes, Diretora da URE e técnicos pedagógicos.







O Planejamento continuou com a reflexão sobre o vídeo da técnica pedagógica Rosiléia Guimarães que tratou sobre os objetivos. O Prof. Valdivino Cunha e Ribamar de Oliveira, através de algumas lâminas, apresentaram à resistência do movimento dos educadores pela continuidade do Some, no Estado do Pará.  





Nas apresentações dos projetos executados nas localidades do município de Bujaru, as Professoras Socorro Peixoto e Vanilda Porto, abordaram a importância dos projetos nas comunidades, mostraram algumas lâminas sobre seus projetos. Já a Professora Girvânia Mesquita, representando o município de Concórdia do Pará, apresentou o projeto sobre o resgate histórico e geográfico de algumas localidades e a Coordenadora do Some, em Tomé Açu, Professora Eliziane Mathias, apresentou ações e projetos executados pelos educadores, culminando com a publicação de um livro, que será lançado na Feira do Livro.








Pela tarde, o planejamento foi por áreas afins, para construção de uma proposta pedagógica para ser executada nos módulos, dependendo da realidade da localidade. 






No final do Encontro de Formação, por volta de 16 horas, aconteceu a avaliação geral, onde os aspectos principais nos discursos durante as intervenções, foram: Convênio, Casa, Transporte Escolar e formação política da categoria.







O Encontro foi produtivo e importante com a socialização das experiências. O Some, sendo uma experiência pedagógica fundamental para os filhos dos trabalhadores do campo, ribeirinhos, florestas, quilombolas e indígenas, que não tem oportunidades de estudar nos grandes centros. Continua sendo importante, com essa dimensão territorial que é o Estado do Pará, e que nesses 38 anos, que fará no dia 15 de abril, continua superando o tecnicismo e o formalismo pedagógico.  










Nenhum comentário:

Postar um comentário