Estatística

Codigo contadorweb.com ver. 5.3 -->

quarta-feira, 26 de março de 2014

Professores do SOME em ação








EM BELÉM, professores do SOME revoltados com o formato da lotação para o ano letivo 2014. 

Professores do SOME de Acará, Igarapé-Miri, Moju e Abaetetuba promoveram um apitaço nos corredores da Seduc, solicitando uma audiência com o secretário-adjunto, Licurgo Peixoto, o que está previsto para sexta-feira às 10h, na Seduc.



AINDA FALAM EM QUALIDADE NA EDUCAÇÃO!

Em Cametá, na reunião do dia 24, segunda-feira, para conhecimento da lotação do SOME da 2ª Ure, professores de Cametá, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba e Baião se revoltaram, também, com o formato da nova lotação, que troca os professores de um município para o outro, ocasionando uma série de problemas:

1. Cametá, por exemplo, não dispõe de casas nas ilhas para alojar os professores, o que os obriga a fretarem barcos para ir e voltar do trabalho. Cs professores que residem em Cametá fazem isso, mas como ficariam os professores que residem em outros municípios?

2. O modelo de lotação anterior, feito por municípios, foi criado, justamente, no primeiro governo de Jatene, pela secretária de educação da época, que objetivava com o modelo de lotação fazer com que os professores que residissem no próprio município pudessem atuar no SOME daquela região. Isso, inclusive, abriu precedentes para que muitos prefeitos se desobrigassem de assinar o convênio que garantia alojamentos para os professores. Foi o que aconteceu em 2004 em . Por que a mudança agora?

3. Os professores de Cametá, que saírem para atuar no Some em Baião, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba, com certeza, irão encontrar menos problemas de alojamento nesses municípios, mais ou menos, dispõe de casas para os professores. MAS os que vierem para atuar no Some das ilhas de Cametá, principalmente, vão se alojar onde? Nas ilhas não existem casas fornecidas pela Prefeitura nem pelo Estado, disponíveis para alojar os professores. Então, os professores ficarão de penetras na casa de moradores?

E AINDA FALAM EM INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO!

Fonte: APSICA (Prof. Arodinaldo Gaia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário